Como abrir uma empresa?

Como abrir uma empresa?

Está pensando em abrir uma empresa, mas não sabe por onde começar? Compilamos todas as informações que você precisa para abrir sua empresa e tornar seu negócio realidade, confira!

Quanto custa para abrir uma empresa?

Planeje-se bem antes de começar! Existem custos antes da obtenção do CNPJ, e um bom planejamento vai te evitar dores de cabeça ou surpresas durante o processo.

As taxas da Junta Comercial e da Prefeitura variam de acordo com a sua região. Enquanto em São Paulo o processo pode custar em torno de R$ 500,00 para a maioria das empresas, no Rio de Janeiro, mas para o mesmo processo, você pode gastar até R$ 1.500,00.

Quais os documentos necessários para abrir uma empresa?

A princípio os documentos também variam de acordo com o Estado em que você se encontra, mas na maioria dos casos, você precisará dos seguintes documentos:

    • RG e CPF;
    • Comprovante de endereço;
    • Certidão de casamento (se casado);
    • Cópia do IPTU ou documento com a inscrição imobiliária ou indicação fiscal do local de funcionamento da sua empresa.

Dependendo da área de atuação da empresa, podem ser necessários outros documentos, como registro profissional (OAB, CRM, por exemplo).  Com esses documentos em mão, você precisará protocolar seu pedido de registro na Junta Comercial ou no Cartório (dependendo da atividade exercida).

Caso sua empresa conte com endereço físico, você também precisará do Alvará de Funcionamento, que é concedido pela Prefeitura ou por outros órgãos governamentais municipais.

Quanto tempo demora para abrir uma empresa?

Assim como as taxas e os documentos, o tempo para abrir uma empresa varia de acordo com o Estado, demorando de 5 dias em São Paulo, até 48 dias em Porto Alegre.

Porém, se utilizarmos o certificado digital de pessoa física para os sócios, a abertura pode ser realizada em questão de horas! (Caso especial para aberturas no Estado de São Paulo, principalmente se tratando da capital)

Qual o porte da minha empresa?

A princípio, um detalhe importante na hora de abrir sua empresa é definir o porte, pois ele vai ditar a quantidade de sócios, o faturamento e a quantidade de funcionários que você pode contratar. Os portes de empresa mais comuns são MEI, ME e EPP.

Existem diferentes métricas para definição do porte da sua empresa, de acordo com diferentes órgãos. Por exemplo: o IBGE define o porte das empresas de acordo com o número de funcionários, já a ANVISA e o BNDS definem o porte de acordo com o faturamento anual.

[/fusion_text][fusion_imageframe image_id=”7741|full” max_width=”” sticky_max_width=”” skip_lazy_load=”” style_type=”” blur=”” stylecolor=”” hover_type=”none” bordersize=”” bordercolor=”” borderradius=”” align_medium=”none” align_small=”none” align=”none” margin_top=”” margin_right=”” margin_bottom=”” margin_left=”” lightbox=”no” gallery_id=”” lightbox_image=”” lightbox_image_id=”” alt=”” link=”” linktarget=”_self” hide_on_mobile=”small-visibility,medium-visibility,large-visibility” sticky_display=”normal,sticky” class=”” id=”” animation_type=”” animation_direction=”left” animation_speed=”0.3″ animation_offset=”” filter_hue=”0″ filter_saturation=”100″ filter_brightness=”100″ filter_contrast=”100″ filter_invert=”0″ filter_sepia=”0″ filter_opacity=”100″ filter_blur=”0″ filter_hue_hover=”0″ filter_saturation_hover=”100″ filter_brightness_hover=”100″ filter_contrast_hover=”100″ filter_invert_hover=”0″ filter_sepia_hover=”0″ filter_opacity_hover=”100″ filter_blur_hover=”0″]https://gruporecta.com.br/wp-content/uploads/2021/08/businessman-analyzing-company-financial-report-balance-with-digital-augmented-reality-graphics-scaled.jpg[/fusion_imageframe][fusion_text][fusion_text]

Microempreendedor Individual (MEI)

O Microempreendedor Individual é para quem trabalha por conta própria, ou autônomo. Você terá direito a CNPJ, contribuir com o INSS, não é obrigado a emitir nota fiscal, e não precisa contratar um contador. Seguem as limitações desse tipo de empresa:

    • Não permite sócios;
    • Permite a contratação de apenas um funcionário CLT;
    • Limite de faturamento anual de R$ 81.000,00.

Microempresa (ME)

A Microempresa, ao contrário do MEI, permite que você tenha sócios, contrate mais funcionários, emita quantas notas fiscais quiser, e permite a participação no Simples Nacional, que é um documento que reúne todos os tributos, e é calculado automaticamente. Sobretudo as limitações para as ME:

    • Permite a contratação de até 9 funcionários para comércio e prestação de serviços, ou 19 para indústria;
    • Receita bruta anual de até R$ 360 mil.

Empresa de Pequeno Porte (EPP)

Já a Empresa de Pequeno Porte, permite que você contrate mais funcionários e tenha uma receita bruta anual ainda maior, também podendo optar pela participação no Simples Nacional. Eis as limitações para as EPP:

    • Permite a contratação de até 49 funcionários para comércio e prestação de serviços, ou 99 para indústria;
    • Receita bruta anual entre R$ 360 mil e R$ 4.8 milhões.

Empresa de Médio Porte

A Empresa de Médio Porte permite a contratação de mais funcionários e uma receita bruta anual ainda maior. Sendo assim suas limitações são:

    • Não permite a opção pelo Simples Nacional;
    • Permite a contratação de até 99 funcionários para comércio e prestação de serviços, ou 499 para indústria;
    • Receita bruta anual entre R$ 4.8 milhões e R$ 6 milhões para Grupo IV, entre R$ 6 milhões e R$ 20 milhões para Grupo III.

Empresa de Grande Porte

A Empresa de Grande Porte permite a contratação de ainda mais funcionários e uma receita bruta anual ainda maior do que as empresas de médio porte. Dessa forma, suas limitações são:

    • Não permite a opção pelo Simples Nacional;
    • Permite a contratação de acima de 100 funcionários para comércio e prestação de serviços, e de 500 para indústria;
    • Receita bruta anual entre R$ 20 milhões e R$ 50 milhões para Grupo II, acima de R$ 50 milhões para Grupo I.

A Empresa Individual não permite que você tenha sócios!

A Sociedade Limitada requer que você tenha pelo menos um sócio!

Quais são os tipos de sociedade para eu abrir uma empresa?

Uma vez que você sabe o porte da sua empresa, você precisa definir a natureza jurídica da sua empresa, ou seja, quem são os sócios, o investimento inicial e a participação de cada um na empresa.

Empresa Individual (EI)

A princípio a Empresa Individual não permite que você tenha sócios, e não requer um capital social. Porém, em caso de dívidas, você pode ter que pagar com seu patrimônio pessoal, então tome cuidado!

Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI)

Assim como EI, a Empresa Individual de Responsabilidade Limitada é para quem trabalha por conta própria, porém, diferentemente do EI, você não responde com seus bens pessoais pelas dívidas da empresa.

Para isso, você precisa de um capital social mínimo de 100 salários mínimos vigentes em bens ou dinheiro. Mas atenção! Em caso de dívida, você precisará ter esse valor para quitação.

Sociedade Limitada Unipessoal (SLU)

Por isso a Sociedade Limitada Unipessoal reúne o melhor das duas sociedades anteriores: Não requer sócios, capital social, e não coloca em risco seu patrimônio pessoal!

Sociedade Limitada (LTDA)

Dessa forma, a Sociedade Limitada requer que você tenha pelo menos um sócio, e o capital social é formado pela contribuição de ambos os sócios (em dinheiro ou bens), e não requer um valor mínimo.

Você tem alguma dúvida em como abrir sua empresa?

Recta atende todos as modalidades de Natureza Jurídica (individuais e societárias). Entre em contato conosco que iremos te orientar em todo o processo de abertura de empresa.

Você tem alguma dúvida sobre Simples Nacional, Lucro bruto e Lucro presumido? Leia no blog mais artigos explicando detalhadamente esses três tipos de Regime Tributário.

compartilhe nosso conteúdo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Shopping Basket